7 Maravilhas do Mundo Moderno: Petra, Jordânia

Petra, um destino que você deve ir!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
Loading...
Tempo de leitura aproximado: 5 minutos

Se você gosta de destinos com paisagens estonteantes, com certeza Petra deve estar na sua lista!

Nossa série sobre as 7 Maravilhas do Mundo Moderno apresenta hoje uma cidade histórica e arqueológica que guarda muitos segredos.

A Jordânia é um pequeno país do Oriente Médio, dona de uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno: Petra. Embora o país não seja tão popular e conhecido, é rico em preciosidades. Preparamos um artigo especial sobre tudo o que fazer em Petra, a cidade mais petrificada do mundo.

Cidade das pedras na Jordânia

 

Petra é uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno

Conhecida também Cidade Rosa, devido à cor da pedra ao qual foi esculpida, foi fundada em 312 a.C. e recebeu o título de Patrimônio da Humanidade, pela Unesco em 1985. Fica a aproximadamente 3 horas de viagem de Amã, capital da Jordânia, e por isso só possível chegar até ela de carro.

Petra já foi cenário de produções como Indiana Jones e a Última Cruzada. A Câmara do Tesouro (El Khazneh), é provavelmente o edifício mais visitado, pois foi o local da gravação do filme.

A cidade é toda esculpida em pedra, e é de onde se origina seu nome Petra. Era um importante eixo comercial de caravanas que levavam incenso, seda e especiarias entre a China e Índia até a Grécia, Síria e Egito.

Petra caminhava para o progresso quando um terremoto destruiu praticamente tudo e o pouco do que sobrou foi reutilizado para novas construções. Porém, um segundo terremoto causou danos ainda maiores, fazendo com que a cidade nunca mais fosse a mesma.

Você precisa conhecer Petra

Para conhecer a cidade, são necessários pelos menos dois dias. Se a ideia é dormir em Petra, o custo para entrar na cidade gira em torno de 75 dólares. Para quem decide apenas passar o dia e passear, o ingresso sai um pouco mais caro.

A cidade vive hoje de turismo. Se você deseja se aventurar por suas ruínas, a dica é se programar começando pela data. Dê preferência para o outono ou a primavera, pois nas outras estação as temperaturas são extremas.

Para conhecer o Mosteiro, que está entre os itens de o que fazer em Petra, é necessário um bom condicionamento físico: 832 degraus separam seus olhos de uma estonteante arquitetura. Quando a Terra atinge o seu ponto mais distante do Sol, a luz brilha no mosteiro sobre um pódio, lançando a sombra da cabeça de um leão (animal sagrado conhecido como Nabateana) em uma montanha em frente ao centro religioso.

Outra dica importante é sobre o idioma. A maior parte das sinalizações está escrita em árabe e em inglês e o povo local também arrisca a falar espanhol com turistas.

Qual moeda levar para a Jordânia?

A moeda local é o Dinar Jordano, representado pelas letras JD (jaydee) e vale atualmente o equivalente a Libra Esterlina.

O cartão pré-pago internacional é amplamente aceito nos hotéis e restaurantes da cidade, assim como em shoppings, lojas e atrações. Há também caixas eletrônicos espalhados pela cidade.

Mesmo que você leve em sua viagem um cartão pré-pago carregado com dólar americano, euro ou libra esterlina, os saques serão realizados sempre na moeda local.

Conheça um pouquinho mais sobre Petra e se prepare para sua viagem

Se você quer conhecer esse destino mas a questão do câmbio te preocupa, entre em contato com a Cotação. Seja pelo site, aplicativo Cotaçãolojas ou no telefone 4002-1010.