Investimento no exterior: como o Remessa Expressa pode te ajudar?

Conheça os investimentos mais comuns e saiba como devem ser feitas as aplicações no exterior

Como uma alternativa para ampliar os rendimentos, realizar um investimento no exterior pode ser uma ótima opção para quem deseja diversificar sua carteira e apostar no mercado financeiro internacional.

No entanto, antes de realizar operações desse tipo, é importante conhecer o cenário e adquirir noções básicas de como funcionam as aplicações no exterior, quais são as modalidades mais comuns e as vantagens de optar por esse investimento.

Dito isso, reunimos uma série de informações para te ajudar a entender melhor sobre os investimentos no exterior e como escolher o melhor de acordo com o seu perfil.

investimento no exterior

investimento no exterior

O que considerar antes de investir?

Antes de tudo, para entrar no mercado financeiro internacional é preciso considerar todas as questões que envolvem os produtos, principalmente as burocráticas.

Conhecer as modalidades também é essencial para identificar qual a mais adequada para o seu perfil, levando em conta os valores disponíveis para investimento, o prazo para retorno e principalmente os riscos envolvidos.

Nessa etapa, contar com a ajuda de especialistas pode ser uma boa alternativa para não cair em ciladas.

Como investir no exterior?

Assim como no mercado brasileiro, há diferentes opções de investimento disponíveis no exterior, que basicamente podem ser divididos em: aqueles que são passíveis de realizar a distância, ou seja, fazendo uma transferência internacional, e os que não.

Dentre as modalidades mais populares, podemos destacar:

ETFs (Exchange Traded Funds)

Trata-se de produtos negociados na bolsa, mais conhecidos como fundos de índice. Por serem diversificados e possuírem um preço mais baixo, esse tipo de investimento é um dos preferidos dos brasileiros.

Para quem quer apostar nessa modalidade, é necessário comprar as cotas do ETF’s, que são administradas de forma passiva por uma gestora, seguindo a distribuição de carteira de um respectivo índice.

Na Bolsa brasileira estão disponíveis para compra, visando o investimento no exterior os ETF’s: iShares S&P 500 (IVVB11) e o It Now S&P 500 (SPXI11). Ambos possuem uma baixa taxa administrativa.

ETCs (Exchanged Traded Commodities)

Bem semelhantes aos ETF’s, o investimento em Exchanged Traded Commodities consiste em investir – como o próprio nome sugere – em commodities (fonte de energia natural, metais preciosos, produtos agropecuários, etc).

Seu desempenho baseia-se no preço a vista ou no preço futuro de uma ou mais mercadorias. Dentre os produtos mais investidos nesse mercado, podemos destacar o ouro, o petróleo e a soja.

BDR’s (Brazilian Depositary Receipts)

Uma das formas mais fáceis de comprar ativos da bolsa norte-americana, os BDR’s são oferecidos pela Bolsa brasileira para investidores que possuem acima de 1 milhão de reais investidos.

Embora seja uma boa alternativa para investir em ações de empresas americanas específicas, por se tratar de uma opção mais restrita, esse tipo de investimento possui pouca liquidez na bolsa.

Fundos de investimento

Tão populares quanto no Brasil, os fundos de investimento também são bastante procurados por quem deseja investir fora do país.

Sendo uma das formas mais simples de apostar em ativos internacionais, os fundos são comercializados aos brasileiros para quem pretende aplicar no mínimo R$ 25 mil reais.

Isso porque normalmente, apenas um percentual desse valor é investido no Brasil, enquanto o restante é investido fora do país. Porém, é importante ressaltar que isso não é uma regra e é possível destinar até 100% dos valores aos fundos no exterior.

Conta no exterior

Abrir uma conta no exterior também é considerado por muitos uma das formas mais fáceis de realizar um investimento no exterior. Isso porque é possível fazer uma remessa do dinheiro diretamente para sua conta internacional, tornando os processos mais fáceis.

Com o dinheiro em conta, basta começar a operar nos mercados financeiros do país escolhido, sempre de acordo com as instruções de especialistas.

Vantagens de investir em outro país

Apostar no mercado financeiro internacional é das formas mais seguras de diversificar os ativos e potencializar os ganhos.

Além disso, há outras vantagens em optar pelo investimento no exterior:

  • Oportunidade de adquirir ações globais de grandes empresas;
  • Apostar em moedas mais valorizadas, como é o caso do dólar e do Euro;
  • Aumento de rentabilidade;
  • Desempenho sólido das ações.

Como o remessa expressa pode ajudar

Para quem pretende fazer um investimento no exterior, é preciso saber que  transferências internacionais para as corretoras de investimento farão parte da sua rotina e por isso, é importante escolher o melhor e mais adequado serviço.

Nesse sentido, com o Remessa Expressa da Cotação é possível enviar dinheiro para o exterior de forma segura e rápida, sem muitas complicações.

Basta se cadastrar no site, simular o valor a ser enviado, preencher os dados do beneficiário, realizar o pagamento e pronto! O dinheiro fica disponível para a corretora escolhida.

Além da praticidade, outro benefício de escolher os serviços da Cotação é a isenção de tarifas para o envio de dólares ou euros, entregando sempre mais vantagens aos seus clientes.