Dados necessários para fazer uma Remessa Internacional

Descubra como realizar transferências de dinheiro para qualquer lugar do mundo.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações ainda)
Loading...
Tempo de leitura aproximado: 5 minutos

Fez compras fora do país ou está precisando mandar dinheiro para o exterior por algum motivo? Pois bem, o serviço de Remessas Internacionais pode te ajudar. Hoje você vai entender como essa transação funciona e quais os documentos necessários para efetuá-la.

 

Para que serve uma Remessa Internacional?

Como o próprio nome já diz, a remessa internacional é uma forma de enviar o seu dinheiro para fora do país. Os motivos para esse tipo de transação são variados, desde oferecer sustento a um dependente no exterior até a importação ou exportação de produtos.

Mas, para fazer esse tipo de transação em segurança, com a certeza de que o dinheiro chegará a qualquer lugar do mundo dentro de um curto prazo, é preciso contar com uma empresa de confiança, que tranquilize tanto quem envia, como quem recebe.

Dados necessários para fazer uma Remessa Internacional | Cotação Câmbio

Documentos necessários para fazer uma Remessa Internacional

Para fazer a remessa internacional será preciso fornecer algumas informações sobre você: nome completo, número do CPF, data de nascimento, país de nascimento.

Também será necessário fornecer o seu endereço completo, contendo rua, número, bairro, CEP e estado; Por último os seus dados de contato, como e-mail, telefone e número de celular.

Vale lembrar que também será preciso informar os dados de quem receberá o dinheiro, como nome, documentos, telefone, localização e motivo do envio.

Com tudo isso em mãos, basta acessar o site Cotação, fazer o seu login e clicar na opção “Remessas  Internacionais – Iniciar Envio”. A partir daí é só escolher a forma de envio que melhor atende às suas necessidades e pronto.

Importante! A qualquer momento a instituição financeira poderá solicitar novos documentos para amparar a operação de câmbio, dados cadastrais ou que comprovem a origem do dinheiro.

 

IOF cobrado por Remessa Internacional

IOF nada mais é do que a sigla de Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros, e esse é um imposto federal no Brasil, cobrado em todo tipo de operações financeiras dessa natureza, isso inclui o envio de dinheiro para o exterior.

A taxa aplicada durante uma remessa internacional é a partir de 0,38%.

Dados necessários para fazer uma Remessa Internacional | Cotação Câmbio

É preciso ter conta em banco para enviar ou receber dinheiro fora do país?

Não, quem envia ou quem recebe não precisa necessariamente possuir conta em nenhuma instituição financeira. A Cotação disponibiliza um produto chamado Remessa Expressa, justamente para atender esse tipo de demanda.

Em casos emergenciais, onde há a necessidade de enviar pequenas quantias em dinheiro para fora do Brasil, é possível fazer isso sem depender de contas em banco. Aqui, a principal vantagem é a velocidade com que o dinheiro fica disponível: no mínimo 1 hora.

O beneficiário receberá uma senha para saque, que será utilizada no ponto de retirada escolhido e não pagará nada por isso.

Essa solução é ideal para cobrir aquela viagem que precisou se estender ou custear aquela comprinha que ficou faltando fazer por falta de dinheiro.

O valor mínimo para esse tipo específico de envio é 20 dólares americanos, ou o valor equivalente em qualquer outra moeda estrangeira. O valor máximo para envio é de até 10 mil reais em um único mês ou 36 mil reais no período de 12 meses.

 

Agora que você já sabe o que é, para que serve e como realizar uma remessa internacional, saiba que esse tipo de transação pode ser feita também online, sem precisar sair de casa. Acesse o site da Cotação, baixe o aplicativo no seu celular, ligue para um de nossos telefones ou visite uma das lojas.

Cotação a mais completa solução em câmbio!

Deixe seu comentário!