Quero morar no Canadá, por onde começo a me planejar?

Morar neste país requer paciência e muito planejamento

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 avaliações, média: 5,00 de 5)
Loading...
Tempo de leitura aproximado: 5 minutos

Com qualidade de vida altíssima, muita segurança, educação e baixa desigualdade social, o Canadá é um destino de desejo para morar.

Há alguns meses, o Blog da Cotação trouxe para você um post sobre intercâmbio no Canadá e hoje traz um guia para quem sonha em morar no país.

 O Canadá

O Canadá é um país enorme. Desejar viver lá não é o suficiente. Você deve saber exatamente onde quer morar.

Leve em consideração que o país possui duas línguas oficiais: o inglês e o francês e que essa divisão de idiomas se reflete nas fronteiras do país. Não adianta nada você ter o inglês na ponta da língua e querer morar em Quebec, cujo idioma é o francês, por exemplo.

A fluência, aliás, é pré-requisito para imigrantes. Para se qualificar como imigrante, você deverá ter um desses certificados:

  • Canadian English Language Proficiency Index Program (CELPIP);
  • International English Language Test System (IELTS); ou, caso fale francês,
  • Test D’évaluation de Français (TEF)

Outros fatores muito importantes a se considerar são o clima, sua disponibilidade financeira e também o tamanho de sua família, caso você tenha.

Dependendo da região que escolher, os valores do salário mínimo podem variar de CAD$ 11 a CAD$ 14 por hora.

Quero morar no Canadá, por onde começo a me planejar? | Cotação Câmbio

As pessoas

Os canadenses são diferentes dos brasileiros e talvez isso cause estranheza.

Eles não são efusivos e não permitem intimidade com quem não conhecem direito. Isso pode ser confundido com frieza pelos brasileiros, mas é cultural e você deverá se adaptar.

Por lá também não é comum ter pessoas fazendo tarefas domésticas para você. A limpeza, cuidado com filhos, comida, entre outras coisas, é feito pela própria pessoa. Pequenos reparos em casa, como pinturas e montagem de móveis, também são tarefas que habitualmente são feitos por conta própria.

O hábito de parcelar compras no cartão de crédito, tão comum no Brasil, também não existe no Canadá.

O Visto

O Canadá é tão rígido quanto os Estados Unidos quando se trata de visto. Para visitar o país, você teve ter o visto de turista, que tem validade de 3 anos e te permite ficar por até 6 meses no país.

Para morar, outros vistos podem ser aplicáveis, como o visto de estudo (study permit), visto de trabalho (work permit) e outros mais específicos, como o visto para empreendedores, de familiares de residentes, entre outros.

Verifique, antecipadamente, em qual situação você se encaixa. É interessante ressaltar que o processo de mudança permanente para o país é demorado e passa por diversas etapas. Por essa razão, o planejamento e a paciência são fundamentais.

Trabalhar no Canadá

Além do visto de trabalho, você precisará entrar no país já empregado. Para isso, você pode acessar o site do governo canadense, que oferece todas as informações necessárias para a busca e candidatura a uma vaga de emprego.

Caso seja aprovado em algum processo seletivo, será necessário também obter o LMIA (Labour Market Impact Assessment), que é uma comprovação junto a empresa da necessidade de contratação de um estrangeiro.

Há também o International Mobility Program, que isenta o trabalhador do LMIA, mas ocorre apenas quando há um comum acordo entre o país contratante e o país de origem do estrangeiro.

Quero morar no Canadá, por onde começo a me planejar? | Cotação Câmbio

A moeda canadense

Mesmo se sua intenção for morar de forma definitiva no Canadá, você precisará sair do Brasil com alguma quantia em dinheiro na moeda local.

A moeda oficial do país é o dólar canadense. Na Cotação, você pode adquiri-lo de duas formas: papel moeda ou cartão de viagem.

Acompanhe o Blog da Cotação. Toda a semana um assunto diferente para você que viaja a trabalho ou a lazer. 😉

Deixe seu comentário!