7 destinos exóticos para conhecer ao redor do mundo

Aproveite a oportunidade de viajar para visitar destinos que nunca imaginou

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 avaliações, média: 3,00 de 5)
Loading...
Tempo de leitura aproximado: 8 minutos

O mundo é tão grande e repleto de tantos lugares inacreditáveis, que o jeito é aproveitar cada viagem para explorar um lugar novo, diferente do anterior. Para lhe ajudar com isso, a seguir estão listados vários destinos exóticos no mundo, localizados nos mais diversos cantos do planeta.

Praias paradisíacas, passeios de balsa, aurora boreal e gastronomia surpreendente, escolha para onde vai ser a sua próxima viagem e mergulhe em experiências que nunca imaginou.

1. Noruega

O país nórdico, famoso pelo passado viking e por liderar há mais de 12 anos consecutivos o ranking da ONU que mede o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), é também um destino turístico encantador.

Na Noruega, a natureza é grande protagonista, e o visual do país é composto, principalmente, de montanhas, geleiras e belíssimos fiordes litorâneos profundos. Além disso, de lá é possível visualizar o famoso fenômeno Aurora Boreal, algo que atrai turistas do mundo todo.

O que fazer na Noruega?

Em Oslo, cidade mais visitada e também capital do país, é possível visitar a charmosa Catedral de Oslo, construída no século XVII. Além de gratuito, é possível fazer fotos incríveis, pois o visual barroco do prédio é encantador.

Outro destaque da cidade é a rua Karl Johans Gate, uma das mais movimentadas da região e onde se concentram lojas, restaurantes e outros pontos turísticos que merecem uma visitinha como o Teatro Nacional, o Parlamento da Noruega, entre outros.

Para ter a chance de ver a famosa Aurora Boreal, pegue um voo de Oslo até Trømso, cidade que fica na zona de auroras boreais. Para conseguir de fato observar o fenômeno, é necessário distanciar-se do centro da cidade para as áreas mais afastadas, por isso, procure por empresas de turismo que já fazem esse tipo de passeio na região.

2. Marrocos

Marrocos é um país localizado no Norte da África com influências das culturas berbere, árabe e europeia, e também a próxima sugestão da nossa lista de destinos exóticos no mundo. De população maioria muçulmana, o reino possui fortes contrastes e também forte exotismo.

O maior destaque do país, segundo turistas que passam pela região, é a gastronomia. A mistura de características da culinária árabe, mediterrânea e também francesa resultou em algo único – pratos perfumados, especiarias, limão e hortelã.

O que fazer em Marrocos?

A primeira parada obrigatória é em Marrakech, mais especificamente na praça Jemaa el-Fna, famosa não só em Marrocos, mas no mundo todo. Ao chegar lá o visitante se depara com um grande pátio ao ar livre, cheio de atrações, lojas e também barraquinhas vendendo especiarias, artesanatos, itens de moda, comida e uma infinidade de itens.

Outra experiência que só pode ser vivida em Marrocos é arriscar um passeio de dromedário entre as dunas do Deserto do Saara, com cenário digno de cena de filme.

3. Índia

Localizada no sul da Ásia, a Índia é um dos maiores países do mundo e o segundo mais populoso, com 1,339 bilhão de habitantes. Conhecida por suas cores, sabores e exotismo, o destino é o lugar perfeito para quem busca mergulhar em uma cultura rica e com características únicas.

O que fazer na Índia?

A primeira sugestão é fazer uma visita a versão cosmopolita do país, na capital Nova Délhi. Além de abrigar pontos turísticos como Tumba de Humayun, Qutb Minar e o Forte Red, vale a pena passear de forma despretensiosa pelos templos hindus e provar as iguarias da culinária local.

Outra dica é passar em Rajastão, conhecida como uma das regiões mais bonitas do país – composta pelas cidades Udaipur, Jodhpur, Jaisalmer e Jaipur – para visitar os mercados locais. Outro passeio obrigatório é admirar o nascer do sol no Taj Mahal, em Agra.

Por último, uma dica valiosa: tente conciliar a data da viagem com os famosos festivais do país – o Festival das Luzes, Diwali, e o Festival das Cores, o Holi. Eles acontecem todo ano, normalmente em Outubro e em Março, respectivamente.

4. Tailândia

Conhecida por suas praias paradisíacas, paisagens naturais, obras arquitetônicas e também pela culinária variada, a Tailândia é um país democrático, pois, agrada, ao mesmo tempo, pessoas em busca dos mais diversos interesses.

O que fazer na Tailândia?

A primeira parada obrigatória é Bangkok, a capital da Tailândia. Conhecida por abrigar grandes templos, como o Grand Palace, Wat Ratchanatdaram e o Wat Pho – que abriga o gigantesco buda deitado, com 46 metros de comprimento.

Outro grande destaque da Tailândia é a comida e tanto em Chiang Mai como em Bangkok é possível fazer refeições do café da manhã ao jantar, gastando muito pouco.

A culinária tailandesa é conhecida por ser salgada, doce, ácida e apimentada, tudo ao mesmo tempo. Alguns ingredientes facilmente encontrados por lá são: capim-limão, leite de côco, coentro, tamarindo e galanga (da mesma família do gengibre), além das famosas pimentas.

Pad Thai – macarrão salteado com soja acompanhado de camarões, tofu ou vegetais –, Satay – espetinho de porco com molho de amendoim – e Panaeng Muú – carne com curry vermelho – são alguns pratos famosos e facilmente encontrados em restaurantes e barraquinhas de rua no país.

5. Panamá

Apesar de não ser um país tão visitado quanto merece, o Panamá tem conquistado cada vez mais popularidade. Com suas praias paradisíacas e gastronomia caribenha, o país não podia ficar de fora da lista de destinos exóticos no mundo.

O que fazer no Panamá?

Para visitar as mais belas praias que você verá na vida, o arquipélago San Blás precisa fazer parte do seu roteiro. São 378 ilhas, apenas 50 delas habitadas, banhadas por águas cristalinas e natureza quase que intocada.

Outra sugestão é Isla Colón, uma ilha bastante frequentada por turistas e que, diferente de San Blás, possui uma infraestrutura completa para receber visitantes. São diversos bares, restaurantes, hotéis e pousadas por toda a ilha.

Em terra firme, Panamá conta com vida noturna agitada com bares, casas noturnas e também cassinos. O Biomuseo, inaugurado em 2014, é outro ponto turístico que não pode ficar de fora. Além do visual incrível por fora, projetado pelo arquiteto Frank Gehry, por dentro é possível conhecer tudo sobre a biodiversidade do Panamá.

Qual desses destinos exóticos do mundo já serão incluídos em sua próxima viagem? Seja qual for, lembre-se de garantir moedas estrangeiras em seu cartão pré-pago internacional para não passar nenhum sufoco durante a estadia. Boa viagem!