Como economizar comprando Moeda Estrangeira?

Comprar moeda com antecedência garante mais economia!

Planejar uma viagem inclui uma série de etapas: documentação, visto, passagens aéreas, roteiros de viagem, orçamento e, uma das mais importantes, a compra de moeda estrangeira. E como economizar nesses casos?

Confira algumas dicas importantes que podem te ajudar a não sair no prejuízo quando o assunto é câmbio.

economizar-comprando-moeda-estrangeira

Por que comprar moeda antes de sair do Brasil?

Muita gente acaba deixando para pesquisar o câmbio e a compra da moeda na última hora, muitas vezes no país de destino, o que é muito arriscado por dois grandes motivos:

1) No país de destino as taxas geralmente são mais caras por conta da demanda;

2) E, de última hora, a moeda estrangeira pode sofrer uma variação para cima. Ou seja, você também sai perdendo.

Para fazer um bom negócio na hora de comprar sua moeda estrangeira é indispensável prestar atenção na taxa e no valor efetivo total – o VET que você vai pagar por elas.

Na Europa, por exemplo, as casas de câmbio costumam praticar um valor bem baixo para a compra dos seus reais, e um valor alto para a venda de euros, devido a demanda. Ou seja, de alguma maneira, você vai sair perdendo dinheiro.

Qual o melhor momento para comprar moeda?

Recomenda-se que a compra seja feita o quanto antes, de forma fracionada, durante todo o planejamento da viagem. Isso possibilita que você aproveite os períodos de quedas na cotação da moeda, garantindo melhor custo-benefício no montante final.

Por isso, certifique-se de reservar pelo menos 6 meses para começar a planejar a sua viagem, inclua nesse período o acompanhamento diário da variação da moeda que você precisa comprar.

Como economizar comprando moeda estrangeira

Onde comprar moeda estrangeira?

O lugar onde você vai comprar moeda estrangeira não garante só economia, mas também segurança. 

Levar em conta apenas o preço também pode te levar a fazer um mau negócio. Os câmbios paralelos, por exemplo, são estabelecimentos de troca de moeda que funcionam de forma criminosa, sem autorização do Banco Central, colocando você e o seu dinheiro em perigo.

Aqui vale citar o caso de uma casa de câmbio clandestina que funcionava no Bairro da Saúde, zona sul de São Paulo, e que recentemente virou notícia no país. No local, a polícia apreendeu mais de R$ 3,6 milhões em notas falsas, incluindo Euro e Dólar.

Já imaginou o tamanho do pesadelo que seria trocar todo o seu dinheiro por um punhado de notas falsas?

Para evitar qualquer tipo de estresse, pesquise por instituições tradicionais, autorizadas pelo Banco Central a fazer esse tipo de serviço. A Cotação é a maior distribuidora de câmbio do país e está presente no mercado desde 1968. 

Além disso, para poupar tempo, você não precisa sequer sair da sua casa para comprar moeda estrangeira. Na Cotação é possível fazer esse tipo de transação pelo site, aplicativo Cotação Câmbio, lojas ou pelo telefone, 4002-1010.