Remessa Expressa: É preciso abrir uma conta para fazer uma transferência internacional?

Saiba o que é necessário para realizar a operação e descubra como fazer transferência internacional no conforto da sua casa!

Foi-se o tempo em que realizar uma transferência internacional era algo complicado. Com as facilidades do mundo moderno, fazer operações bancárias entre os países passou a ser algo simples e que faz parte da vida de muitas pessoas.

Seja para realizar um pagamento, fazer um investimento, mandar dinheiro para um familiar ou amigo, o fato é que realizar essa operação através de um serviço confiável se tornou essencial.

Diante dessa necessidade, há quem ainda tenha muitas dúvidas sobre como fazer transferência internacional sem muitas complicações. Pensando nisso, reunimos algumas informações importantes e o passo a passo para realizar a operação. Confira!

Como escolher a instituição financeira?

Antes de mais nada, é preciso escolher uma instituição bancária de confiança para realizar o processo. Embora o preço das tarifas mais baixos possam chamar a atenção, o consumidor precisa estar atento para não cair em ciladas.

Pesquise sobre a real cotação da moeda e verifique quais as tarifas cobradas na instituição para entender se os valores não estão abusivos e muito fora do que normalmente é cobrado no mercado.

Além disso, para evitar cair em fraudes ou ser vítima de estelionato, dê preferência para realizar as transferências com empresas reconhecidas e que sejam regulamentadas pelo Banco Central.

Como fazer uma transferência internacional?

Uma das dúvidas mais comuns de quem precisa fazer uma transferência para o exterior é se precisa ou não ter conta para realizar a operação.

No entanto, com o objetivo de simplificar os processos, não é mais necessário abrir conta em banco apenas para realizar o envio.

Com o Remessa Expressa, basta fazer um cadastro no site e em poucos passos você poderá enviar o dinheiro sem maiores burocracias, podendo utilizar sua conta já existente

Normalmente para esta modalidade são solicitados alguns dados pessoais, como por exemplo:

  • Documentos de identificação (RG,CPF);
  • Comprovante de Residência;
  • Dados de contato (telefone, celular, e-mail).

Da mesma forma, serão solicitados os dados do beneficiário, ou seja, de quem receberá o dinheiro no exterior:

  • Nome completo;
  • Número dos documentos de identificação;
  • Código do Banco no Exterior (SWIFT)
  • Número da conta
  • Telefone;
  • Natureza do envio.

Naturezas de envio

As naturezas do envio basicamente são o motivo pelo qual você está mandando o dinheiro para o exterior e este campo deve ser preenchido corretamente para que nada dê errado na operação.

Elas podem ser classificadas de diferentes formas e é preciso conhecer cada uma delas para informar a que mais se adequa ao seu caso:

  • Manutenção de residente: é utilizada por quem vai transferir dinheiro para familiares diretos, ou seja, filhos, pais ou cônjuges.
  • Manutenção de estudantes: semelhante ao de residentes, a natureza se aplica a quem vai enviar dinheiro para estudantes fora do país.
  • Pagamento de curso no exterior: envio destinado ao pagamento de cursos em outro país.
  • Pagamento de serviços no exterior: transferência para pagamento de serviços prestados por empresas ou prestadores no exterior.
  • Compra de imóvel: utilizada para pagar a compra de uma propriedade em outro país.
  • Investimento em corretoras: destinado à quem realizar aplicações em corretoras de investimento.
  • Pagamento de importações: utilizada para pagar pequenas ou grandes importações de mercadorias.

É cobrada alguma taxa ou tarifa?

Na Cotação, quem vai enviar Dólar ou Euro não paga tarifas. No entanto, tanto o banco do beneficiário quanto outros bancos intermediários podem deduzir tarifas que interfiram no recebimento do valor integral.

Além disso, em algumas operações podem incidir impostos como a cobrança do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e do IR (Imposto de Renda) e tudo vai depender da natureza do envio.

Qual é o tempo de envio do dinheiro?

Normalmente, o prazo para envio do dinheiro é de um dia útil, porém para que isso aconteça com maior agilidade, é preciso que os dados sejam preenchidos corretamente para facilitar o processo.

O período em que a transação é realizada também pode influenciar neste prazo. O recomendado é fazer o envio dentro do horário comercial. Caso contrário, há maiores chances dos valores demorarem um pouco mais para ficarem disponíveis, dependendo do fuso horário do país em questão.

Passo a passo para enviar dinheiro para o exterior

Pensado justamente para facilitar a vida de quem precisa realizar transferências internacionais com praticidade e agilidade, o serviço de remessa expressa da Cotação é simples e seguro. Confira o passo a passo:

  • Acesse a página do Remessa Expressa e simule o valor a ser enviado;
  • Clique em iniciar envio e faça o cadastro na plataforma;
  • Informe os dados do beneficiário;
  • Confirme o pagamento e finalize a operação.

Viu só?! Em poucas etapas é possível enviar dinheiro para o exterior sem complicações e o melhor: com uma das melhores condições do mercado.

Portanto, se você ainda não sabia como fazer transferência internacional, agora já pode realizar o processo no conforto da sua casa!